1 2 3 4

A igreja e a unidade cristã

Hebreus 10:25
“Não abandonemos a tradição de nos reunirmos como igreja, segundo o procedimento de alguns, mas, pelo contrário, motivemo-nos uns aos outros, tanto mais quando vedes que o Dia está se aproximando.”

O versículo escrito por Paulo reflete algo vivenciado por nós hoje em dia: o abandono da prática de ir à igreja.
Muitas pessoas procuram fatos isolados, como “pastores” que se desviam dos planos de Deus e se iludem com bens materiais, para formar a idéia que nenhuma igreja presta. Curioso é pensar que escândalos desse tipo são tão “bem” trabalhados pela mídia, enquanto isso, igrejas que possuem trabalhos socias, como recuperação de viciados, formação profissional e etc. só são lembradas pela mídia em casos muito raros.

O título dessa mensagem resume bem o propósito que Deus possui para a sua igreja: a unidade!

Lendo algumas passagens bíblicas, torna-se claro qual é a vontade de Deus para a igreja. Torna-se mais claro ainda que para Ele a igreja não deve ser apenas um local físico, não importa as dimensões, importa que ela cumpra o desígnio do coração de Deus, que é a união do povo que vive pela Fé.

O próprio versículo base (Hb 10:25) diz:
“...motivemo-nos uns aos outros...”

O grande problema é que quem está firme em uma igreja, não atentar para esse propósito de unidade cristã. A comodidade e o egoísmo de nossa parte não podem ser tão profundos a ponto de não darmos atenção aos nossos irmãos que muitas vezes saem da igreja até mesmo por essa falta de união.

Quantas vezes alguém ta na igreja cheio de problemas e precisa de alguém com quem conversar e nós não fazemos nada?

Jesus disse em I João 4:20:
“Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?”

Em um momento que o mundo se torna cada vez mais individualista, cada vez mais materialista, cada vez mais o amor se esfria, “NÓS devemos ser a mudança que queremos ver no mundo”, como disse Gandhi.





“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”
(Romanos 12:2)

Paz!
Ler Mais

Evangelismo

Marcos 16:15
“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.”

O princípio do evangelismo encontra-se exatamente nesta passagem tão conhecida. Mas existe um grande problema: Que evangelho estamos pregando?
Enquanto muitos hoje em dia tem pregado evangelhos de misticismos ou evangelhos da prosperidade, qual é o evangelho de Cristo?

O evangelho de Cristo é o que diz João 3:16
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Afinal, porque Jesus morreu por nós?!

Vamos pensar um pouco em nós, na nossa essência, nas nossas atitudes: Quem de nós, por mais que busque fazer isso, pode afirmar que “Ama o próximo como a ‘si’ mesmo”?!

Esta é uma lei de Deus, na verdade é um “resumo” das leis instituídas no antigo testamento, afinal, quem ama o seu irmão não o matará.
Quem não cumpre esse mandamento, automaticamente esta transgredindo a lei, ou seja, pecando.

Para tornar mais claro o quanto nós erramos, vamos usar um mandamento e a explicação que Jesus Cristo deu para ele:

Mateus 5 : 21 – 22
“21-Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás*; mas qualquer que matar será réu de juízo.
22 - Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: ‘Raca!’**, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: ‘Louco!’, será réu do fogo do inferno."

* Êxodo 20:13

** Termo aramaico de desprezo, equivalente a tolo.

Podemos perceber que o pecado não é somente quando alguém tira a vida de uma pessoa, mas também quando uma pessoa se ira contra outra sem motivos (o tradicional: “não sei porque, não gosto de tal pessoa”), ou então quando uma pessoa humilha outra, achando-se superior.

Mas e se tiver motivo?

Mateus 5 : 24
“...e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão...”

Será que esta ordem é mais fácil cumprir ou é mais fácil: “Ele quem errou, ele que venha se reconciliar!”


Assim, nós percebemos o quanto nós erramos o propósito que Deus tem para a nossa vida.
Por sermos tão falhos é que Jesus Cristo morreu por nós, pois a Palavra diz que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23).

Se nós somos pecadores, como nós vimos que somos, uma vez que nos desviamos daquilo que Deus tem nos ensinado, não nos restaria outro “salário” se não a Morte!

Este salário para nós seria eterno, porém foi recebido pelo único que poderia gastá-lo em apenas 3 dias: Jesus Cristo! (Mateus 16:21)



O Evangelho de Cristo se baseia em conhecermos a nossa condição de PECADORES e:

“E Ele (Jesus Cristo) é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.” (I João 2:2)

 
 
Paz!
=]
Ler Mais

Nunca é tarde pra recomeçar...

"Volta-te para mim e tem compaixão, porque estou sozinho e aflito. Alivia-me as tribulações do coração; tira-me das minhas angústias."

(Salmos 25: 16 e 17)





O que Davi sentiu ao escrever o salmo 25 é o que eu e você várias vezes já sentimos. Existem momento em que Deus parece longe, não é verdade? Períodos em que fazemos declarações como o salmista Davi fez: "Volta-te para mim..."



A tendência de todas as coisas é sofrer um desgaste natural com o tempo, o relacionamento com Deus não é diferente. O tempo vai passando e parece que as pressões do mundo só aumentam, as dificuldades que enfrentamos também só aumentam a ponto de querer nos tragar. De fato, somos considerados inimigos do mundo, logo o objetivo principal que o mundo tem é a destruição do nosso relacionamento com Deus. A partir do momento que aceitamos a vida com Deus, tudo que é do mundo conspira contra nós, somos perseguidos de diversas formas por não mais fazermos parte do império das trevas, e sim do Reino de Deus.

Mas o que isso tem a ver com sentirmos que Deus está longe? O desgaste acontece e muitas vezes vamos cedendo a outras coisas que tiram o lugar de Deus de nossas vidas. Ou então vamos crescendo e aprendendo novas coisas, mas perdemos a simplicidade que tinhámos quando conhecemos o evangelho.

"E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração." ( Jeremias 29:14)

Seja qual for a situação que possa ser vivida, o fato é que perdemos a essência do primeiro amor com o tempo. Parece óbvio, mas quando Deus diz " de todo o vosso coração" é de TODO mesmo!!!!! Não é 1/4, 1/2!! Voltar ao primeiro amor não significa que as experiências, ensinamentos e maturidade adquiridas não são importantes e não quer dizer abandonar tudo que aprendemos. Voltar ao primeiro amor quer dizer voltar a colocar Deus no centro do nosso coração, quando confiávamos em Deus como crianças confiam nos pais para resolver qualquer problema.

Voltar à essência do primeiro amor é tomar para si o que Davi disse a Deus:

"Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável" ( Salmos 51:10)

Deus está sempre perto. Para encontrá-lo, basta você também estar.

Nunca é tarde pra recomeçar =]

Dica de música: http://www.youtube.com/watch?v=vEiFJQKMYZI&feature=related


Deus te abençoe!!
Ler Mais

Faça a Diferença!

Atos 16: 25 ao 29
“25 - E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.
26 - E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.
27 - E, acordando o carcereiro, e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada, e quis matar-se, concluindo que os presos já tinham fugido
28 - Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos.
29 - E, pedindo luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas.”

Esse é um texto bastante conhecido, porém existem ensinamentos que talvez nós não tenhamos notado dessa passagem.
Os versículos anteriores nos contam que Paulo e Silas foram presos por libertar uma jovem que estava tomada por um espírito que a usava para prognosticar eventos futuros, gerando lucro para os donos da jovem, pois ela era uma escrava.
A prisão, porém, não era uma prisão “normal”, Paulo e Silas foram TORTURADOS, como mostram os versículos 23 e 24.
Tendo isso em mente, podemos entender a primeira lição:

I) Não se afaste de Deus por causa de problemas!
At. 16: 25
“E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.”

Apesar de tantas punições imerecidas que Paulo e Silas receberam, eles continuaram Orando e Adorando o nome de Deus!
Todos nós passamos por problemas, mas o que deve está em nosso coração, para que nós não abandonemos a FÉ, é o que diz :

I Coríntios 10:13
“Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.”

Ninguém passa por um problema que não possa suportar! O problema é que nós não conhecemos a nossa capacidade e preferimos transferir a culpa para Deus!


II) Seja uma boa influência!
At. 16: 25 e 28
25 – “E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.”
28 – “Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos.”

No final do versículo 25, podemos ver que Paulo e Silas não se envergonharam de seguir Jesus, eles oravam e adoravam sem se preocupar com a opinião dos outros.
Não devemos nos envergonhar Daquele que deu a vida por nós, mesmo que a nossa volta só existam pessoas que não acreditam ou até mesmo não conhecem Deus.

Não devemos ser influenciados, e sim influentes, de forma que passemos aos outros os princípios de vida que Deus nos ensina!

O versículo 28 nos mostra como a essa boa influencia funciona. Naquele momento, todos os presos poderiam ter fugido, mas não fugiram! Lembrando que ali haviam ladrões, assassinos, pessoas aproveitadoras e etc. Porém, eles não agiram conforme a velha natureza, eles aprenderam com Paulo e Silas e perceberam o que é uma vida de relacionamento com Deus, uma vida não de tirar proveito das pessoas e das situações, mas sim uma vida de forma CORRETA!

Eles aprenderam mediante a influência de Paulo e Silas, assim como tantas pessoas podem aprender conosco se agirmos segundo aquilo que verdadeiramente Deus nos ensinou!


III) Seja uma luz no mundo!
At. 16: 28 e 29
28 - “Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos.”
29 – “E, pedindo luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas.”

Pelas leis romanas, se um preso fugisse (qual fosse o motivo) a vida do guarda responsável era exigida no lugar. Tirar a própria vida era o meio de evitar o horror dos castigos e a humilhação.

Naquele momento o guarda pensou que TUDO estava perdido, que não restaria outra solução se não a morte.

A vida daquele homem estava como a cela, estava escura (o versículo 29 diz que ele precisou de luz para que pudesse ver os presos e o versículo 25 nos informa o horário).
A voz de Paulo trouxe a esperança de volta ao carcereiro. A gratidão do carcereiro fica clara no versículo 29:
“...todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas.”

Hoje em dia, a nossa volta existem inúmeras pessoas que estão passando por essa situação que o carcereiro passou! Elas estão sem esperança, achando que não há outro caminho se não a morte ou outras fontes que parecem aliviar os problemas momentaneamente e geram problemas maiores posteriormente!
É nossa missão falar para essas pessoas que há uma solução!

Que Deus não se ausentou em meio aos terremotos que estamos passando, mas Ele está bem ali, do nosso lado, pronto para dizer:

“Vá em frente um pouco mais, isso logo vai passar!”






Mateus 9:13
“Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.”


PAZ!
=]
Ler Mais

Falam, mas não agem!

Texto base: Mateus 23: 3 - 5
(será copiado durante a postagem)

Atualmente o evangelho verdadeiro que Jesus ensinou tem levado duros golpes proferidos por homens que querem ser mais que Deus. Mais aclamados, mais sábios e até mais santos.
No texto Jesus fala para a multidão a respeito dos fariseus, cujas características vão ser claramente identificadas com alguns que hoje em dia, assim como eles, DIZEM seguir a Jesus Cristo.

Versículo 3
"Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem;"

Os “fariseus modernos” são pessoas que se dizem seguidoras dos passos de Jesus Cristo, porém são seguidores apenas de palavra e não de ação. Eles sabem os ensinamentos que Jesus deixou com o ideal de que vivêssemos melhor nesse mundo, mas não praticam.
Existe uma substancial diferença entre conhecer e praticar a palavra de Deus, assim como é muito grande a diferença entre saber quem é Jesus e andar com Jesus.

Versículo 4
“Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;”

Passou a Páscoa e pude notar que muitas culturas promovem a auto-penitência como referência ao que Jesus Cristo passou por nós. O que não se encaixa é que Ele fez isso exatamente para que nós não fossemos mais propriedade da morte, ou seja, para que tivéssemos vida em abundância. Morte e vida que vai muito além do que nossa mente pode alcançar.

Muitos desses homens tem se achado tão santos que podem ordenar homens a fazerem aquilo que eles acham certo, esquecendo de analisar a luz da Bíblia aquilo que Jesus disse que é o correto, o que O agrada.

Existem alguns fardos que hoje em dia os homens tem se especializado em colocar sobre os ombros alheios, dois deles:

  • O fardo do dinheiro, onde as bençãos são proporcionais a quanto o membro da na igreja!
Mesmo que Deus diga que o importante quando damos é o nosso coração, pois as bençãos de Deus não podem ser compradas, existem aqueles que tentam dos mais diversos modos fazer com que as pessoas dêem cada vez mais, sem se importar com o coração daquele que esta dando.

  • O fardo dos misticismos, onde Deus só se manifesta quando há gritaria, imitações de animais citados na Bíblia, rodopios, porta disso, cimento daquilo e até mesmo povo que se diz de Deus querendo trazer a pessoa amada em 7 dias!
Mesmo que Deus diga que o culto deve ser praticado com ordem e decência. Mesmo que a maior manifestação de Deus em nós seja o Amor a Ele acima de tudo e o amor ao próximo como a nós mesmos, existem muitas pessoas que inventam modismos com a única intenção de atrair novos membros, que depois deverão continuar carregando esse fardo que em nada aproxima o homem de Deus, apenas o distancia!

Versículo 5


“E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes,”

Nesse versículo Jesus deixa claro quais são as intenções desses homens: Eles não estão interessados em seguir os ensinamentos de Deus, eles simplesmente querem o reconhecimento dos homens.


A nossa meta não deve ser essa. Antes, o nosso alvo deve ser Cristo, viver segundo os princípios que Ele nos ensinou. Não precisamos ser reconhecidos pelos homens e nem precisamos alterar aquilo que Jesus veio nos ensinar, afinal:

Mateus 23:8
“Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.”




João 3:30
"É necessário que ele cresça e que eu diminua."


Paz!
=]
Ler Mais

Vida em Abundância

" Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim por ti, ó Deus, suspira a minha alma.
A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando irei e me verei perante a face de Deus?

As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: O teu Deus, onde está?

Por que estás abatida, ó minha alma?
Por que te perturbas dentro de mim?

Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu."

( Salmos 42: 1 - 3, 5 )



Nos últimos dias tenho meditado no salmo 42 e percebido as semelhanças entre a situação narrada pelo salmista e o que acontece nos dias atuais. Esse salmo trata do lamento de um homem diante dos problemas que o cercam e de sua confiança em Deus. Não é muito diferente conosco, não é mesmo?

Assim como o autor do salmo quase sempre enfrentamos uma dura realidade em nossas vidas. Como está escrito: "As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite...", uma realidade que te faz chorar de angústia e é motivo de insultos da sua fé: "...enquanto me dizem continuamente: o Teu Deus, onde está?"

Essa é a realidade. Um casamento frustrado, um desemprego vergonhoso, um laudo médico terminal, uma vida com Deus hipócrita, um erro que você não consegue largar, algo que ninguém pode te ajudar... Seja lá o que for, é a sua realidade.


Mas essa não é a vida que Deus planejou para seus filhos. Apesar de vivermos situações que nos fazem perder a esperança, é necessário enxergar além de um quadro ruim de vida, precisamos ver a Verdade de Deus para nós:


"O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância." ( João 10:10)



A vinda de Jesus foi a resposta de Deus às suas angústias. Você já deve ter lido esse versículo muitas vezes, mas preste atenção num ponto: Não é apenas vida, é vida em abundância! Essa é a Verdade de Deus!

Nem sempre a Realidade( aquilo que vemos e vivemos no presente ) é a Verdade ( o que Deus quer de nós e para nós ). A vida do cristão não pode ser baseada em um momento ruim ou bom, mas sim na palavra de Deus! Creia numa coisa:

A vinda de Jesus transformou a sua triste realidade na plena verdade do Pai.

Tome uma atitude na sua vida com base nisso, mas seja equilibrado, Deus não promete que ninguém viverá sem aflições, mas também não diz que irá deixar um filho seu sem ajuda.

Tomar uma atitude não significa exigir algo de Deus, mandar ou fazer ameaças de rasgar a bíblia! Tampouco quer dizer ficar parado, sem interesse ou com medo de crer nessa promessa.

Tomar uma atitude é o que o salmista fez:



"Por que estás abatida, ó minha alma?
Por que te perturbas dentro de mim?
Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele meu auxílio e Deus meu."
( salmos 42 : 5)


Esperar em Deus é a atitude certa, mas esperar de que forma?


"Esperei confiantemente pelo Senhor; ele se inclinou para mim..." ( salmos 40: 1a)



Não é esperar à toa, e sim com Fé! Não confunda ESPERAR em Deus com se ACOMODAR, o primeiro exige Fé e perseverança, o segundo é puramente passagem de tempo.


Este não é o seu fim, não é o que Deus quer. A pressão das pessoas, dos problemas e do mundo tenta nos fazer esquecer do Deus que nós temos, não aceite ver um sonho seu ser destruído ou mais uma vez o mesmo problema te perseguindo.

Há vida para suas dificuldades, há vida para os sonhos que você tem, há vida para sua família, há vida para aquela área que muitos consideram morta, há vida para você.

Faça uma mudança na sua perspectiva da vida: Deixe a realidade diminuir para a verdade crescer. ;)

"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva." ( João 7: 38)

Que Deus te abençoe!!

Dica de música: http://www.youtube.com/watch?v=NQfe-FGErwg

A Paz...



Ler Mais
 
Salvos pela Palavra | by TNB ©2010